Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/5224
Title: Reservas Subterrâneas O recurso alternativo
Authors: Oliveira, M. M.
Moinante, M. J.
Lobo Ferreira, J. P. C.
Issue Date: 2006
Publisher: ******
Series/Report no.: ******
Abstract: A reserva hídrica subterrânea explorável pode ser decomposta em reserva hídrica explorável permanente e em reserva hídrica explorável transitória. Estima-se que as reservas hídricas subterrâneas exploráveis em Portugal Continental sejam superiores a 130 km3. Desta reserva hídrica subterrânea, uma parte, correspondente a uma fracção do volume de água que passa pela reserva transitória (recarga), pode ser explorada anualmente. O recurso hídrico subterrâneo tem que ser explorado de uma forma sustentável. Em termos práticos a sustentabilidade pode ser estimada em função do volume de recarga, do volume que é necessário manter para o escoamento de base e de condições técnicas/económicas de exploração. Mais do que um recurso alternativo, o recurso subterrâneo deve ser explorado de forma integrada com o recurso superficial. A reserva subterrânea permanente poderá ser explorada temporariamente em situações de escassez de água, uma vez que a sua diminuição será recuperada nos anos seguintes aos de escassez de água.
URI: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/5224
Appears in Collections:DHA/NRE - Comunicações a congressos e artigos de revista

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
stub.txt73 BTextView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.