Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1012107
Title: Comportamento estrutural de um trecho rodoviário construído com agregado siderúrgico inerte para construção (ASIC)
Authors: Fortunato, E.
Roque, A. J.
Gomes Correia, A.
Keywords: Agregado siderúrgico;Trecho rodoviário experimental;Comportamento a longo prazo;Gestão de pavimentos;Monitorização de aterros e de infraestruturas de transporte
Issue Date: 27-May-2018
Publisher: SPG
Abstract: A utilização de materiais alternativos, nomeadamente subprodutos industriais e materiais reciclados, na construção de infraestruturas de transporte e de obras geotécnicas, tem vindo a ser promovida por todo o mundo. Para garantir que a aplicação desses materiais é feita de forma eficiente, cumprindo os requisitos técnicos e ambientais das obras onde são utilizados, têm sido realizados diversos estudos e desenvolvidas especificações técnicas. No entanto, atendendo a que, na maioria das situações, as aplicações de alguns destes materiais são relativamente recentes, existe ainda pouca informação relativa ao desempenho a longo prazo das infraestruturas onde foram utilizados, nomeadamente no que se relaciona com o respetivo comportamento estrutural. Neste trabalho apresentam-se alguns resultados relativos à caracterização do agregado siderúrgico inerte para construção (ASIC), processado a partir das escórias de aciaria de forno de arco elétrico da Siderurgia Nacional, e à evolução das características de superfície e do comportamento estrutural de um trecho experimental construído em 2007 num troço de estrada em Portugal, no qual foi utilizado ASIC em aterro e em diversas camadas do pavimento. A inspeção visual, os resultados dos ensaios mecânicos realizados e o valor dos assentamentos medidos em marcas superficiais, no âmbito de uma campanha de monitorização levada a cabo em 2017, cerca de dez anos após a entrada em serviço do referido trecho, permitem concluir que o pavimento existente na zona onde se aplicou ASIC como material de construção encontra-se, em geral, em melhor estado e exibe um melhor comportamento estrutural, quando se compara com as zonas adjacentes que foram construídas com materiais naturais. Em termos de assentamentos máximos do aterro, não se observaram diferenças significativas quando se compararam as zonas com ASIC com as zonas adjacentes.
URI: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1012107
ISBN: 978-989-96043-2-2
Appears in Collections:DT/NIT - Comunicações a congressos e artigos de revista

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.