Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1011985
Title: A monitorização estrutural das barragens do Baixo Sabor e do Feiticeiro
Authors: Cunha, J.
Piteira Gomes, J.
Moura, G.
Batista, A. L.
Keywords: Baixo Sabor;Barragem do Feiticeiro;Sistema de observação;Monitorização estrutural;Controlo de segurança;Monitorização manual;Monitorização automática;Frequências próprias
Issue Date: Nov-2018
Publisher: Betão Estrutural
Abstract: A exploração de grandes barragens envolve, em regra, riscos elevados. Por essa razão exige-se um acompanhamento cuidado destas obras, tendo a observação (monitorização, inspeção e ensaios) um papel fundamental nas atividades de controlo da segurança. Os sistemas de observação das barragens incluem, em regra, dispositivos para monitorização de grandezas relacionadas com as ações e com as respostas térmica, estrutural e hidráulica do conjunto barragem-fundação. A definição destes sistemas é balizada pela regulamentação portuguesa de segurança de barragens. Nas barragens do Baixo Sabor e do Feiticeiro, dada a sua dimensão e importância, para além dos dispositivos tradicionais com leitura manual, foram instalados sistemas de monitorização automática, tecnologicamente evoluídos, com vista a aumentar a frequência de leitura das grandezas mais significativas com recolha manual, a avaliar as ações dinâmicas e os seus efeitos estruturais nas barragens e a ultrapassar as dificuldades de instalação de redes de observação geodésica por jusante. Referem-se os sistemas de recolha manual e os quatro sistemas específicos de monitorização automática, designadamente o RAD (recolha automática de dados), complementar à recolha manual, envolvendo 232 dispositivos e 407 grandezas, o GNSS (Global Navigation Satellite System), destinado à medição de deslocamentos absolutos através de 8 recetores em regime permanente, o SOS (sistema de observação sísmica), para registo de eventos sísmicos utilizando 6 estações remotas instaladas nas imediações das albufeiras e 8 estações instaladas nas galerias das barragens, e o SMD (sistema de monitorização dinâmica em contínuo), apenas na barragem do Baixo Sabor, para avaliação da evolução das características dinâmicas (frequências próprias e modos de vibração) a partir da excitação ambiente, usando 20 acelerómetros uniaxiais de elevada sensibilidade.
URI: http://dspace2.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1011985
http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1011985
Appears in Collections:DBB/NO - Comunicações a congressos e artigos de revista

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BE2018-Baixo-Sabor-Feiticeiro-Monitorizacao-final.pdfComunicação submetida537.68 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.