Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1011977
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorBaptista, A. M.pt_BR
dc.contributor.authorFilipe, J.pt_BR
dc.date.accessioned2019-10-29T17:33:08Zpt_BR
dc.date.accessioned2019-12-05T11:04:08Z-
dc.date.available2019-10-29T17:33:08Zpt_BR
dc.date.available2019-12-05T11:04:08Z-
dc.date.issued2018-11-07pt_BR
dc.identifier.urihttp://dspace2.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1011977pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1011977-
dc.description.abstractA relação entre a resistência à tração (ft) e a tensão de cedência (fy) dos aços dos varões para betão armado constitui uma das características mecânicas que permite avaliar a ductilidade das armaduras utilizadas em elementos estruturais de betão armado. Esta propriedade assume uma importância particularmente relevante quando estes varões são utilizados em estruturas sujeitas a ações sísmicas. As exigências de ductilidade estabelecidas no Eurocódigo 2 para a relação ft/fy dependem da classe de ductilidade dos varões utilizados. De igual modo, as Especificações LNEC aplicáveis a varões de aço para armaduras de betão armado também estabelecem exigências diferentes para esta relação, em função do tipo de varão. O presente artigo apresenta um estudo estatístico da informação sobre os valores desta relação ft/fy obtidos pelo Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), ao longo das últimas duas décadas, no âmbito do controlo periódico de varões de aço de alta ductilidade e de ductilidade especial decorrente das Ações de Acompanhamento da Certificação destes produtos. Estes valores são calculados a partir dos resultados de ensaios de verificação do produto realizados por cada fabricante dos varões, e de ensaios de acompanhamento (controlo externo) realizados pelo LNEC. Com base nos valores obtidos, estabelecem-se comparações entre as distribuições estatísticas da relação ft/fy correspondentes aos resultados obtidos pelos Fabricantes ou pelo LNEC, referentes a varões pertencentes a diferentes classes de resistência e de ductilidade, e analisa-se a sua evolução ao longo do tempo, desde o ano de 2000. Para cada tipo de varão, é verificada a conformidade destes resultados com os limites estabelecidos no Eurocódigo 2 e nas Especificações LNEC para esta característica de ductilidade dos aços dos varões para betão armado.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherLNECpt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectCertificaçãopt_BR
dc.subjectVarões de açopt_BR
dc.subjectResistência à traçãopt_BR
dc.subjectTensão de cedênciapt_BR
dc.subjectAnálise estatísticapt_BR
dc.titleRelação entre a resistência à tração e a tensão de cedência dos aços de varões para armaduras de betão armado. Análise da sua distribuição estatística nas duas últimas décadaspt_BR
dc.typeconferenceObjectpt_BR
dc.identifier.localedicaoLisboapt_BR
dc.description.pages10ppt_BR
dc.description.commentsComunicação de acesso abertopt_BR
dc.identifier.localLNEC, Lisboapt_BR
dc.description.sectorDE/NCEpt_BR
dc.identifier.conftitleEncontro Nacional BETÃO ESTRUTURAL - BE2018pt_BR
dc.contributor.peer-reviewedSIMpt_BR
dc.contributor.academicresearchersNAOpt_BR
dc.contributor.arquivoSIMpt_BR
Appears in Collections:DE/NCE - Comunicações a congressos e artigos de revista

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BE_2018_paper_48.pdfMain article1.27 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.