Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1008337
Title: Inundação das margens do estuário do Tejo: o caso da tempestade de fevereiro de 1941
Authors: Fortunato, A. B.
Freire, P.
Bertin, X.
Rodrigues, M.
Liberato, M.
Ferreira, J.
Keywords: Modelação numérica;Inundação;Processos físicos;Eventos extremos
Issue Date: Jun-2016
Publisher: Instituto Hidrográfico
Citation: http://websig.hidrografico.pt/www/content/Documentacao/jornadas_2016/4JEH2016_Actas_v2.pdf
Abstract: A margem sul do estuário do Tejo é composta por extensas áreas com cotas baixas, logo suscetíveis a inundações. A determinação da perigosidade associada a estas inundações é por isso fundamental para a gestão territorial. Uma das mais graves inundações do último século ocorreu em 15 de fevereiro de 1941, existindo poucos dados quantitativos sobre o evento. Este trabalho vem colmatar esta lacuna através da implementação, validação e exploração de um conjunto de modelos numéricos que permitiu determinar a extensão da inundação da margem sul do estuário do Tejo, caso se repetisse um fenómeno semelhante, e determinar a importância relativa dos principais agentes forçadores nos níveis extremos neste estuário. Os modelos implementados incluem um modelo atmosférico à escala regional e local, modelos de agitação marítima e de circulação à escala regional, e um modelo acoplado de circulação e de agitação marítima à escala do estuário. Mostra-se também que a modulação do setup devido à agitação marítima na embocadura gera um sinal semi-diurno que é amplificado por ressonância no interior do estuário
URI: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1008337
Appears in Collections:DHA/NEC - Comunicações a congressos e artigos de revista

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016JEH_3fetal.pdf213.64 kBAdobe PDFView/Open
Declaracao_4as_IH1.pdf17.9 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.