Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1008245
Title: Desempenho natatório de uma espécie potamódroma através de um açude experimental sujeito a variações de profundidade e altura de queda de água
Authors: Amaral, S.D.
Branco J P
Silva, A. T.
Viseu, T.
Ferreira, T.
Pinheiro, A.
Santos, J.
Keywords: Conectividade fluvial;Pequenas barreiras;Movimentos migratórios;Espécies ciprinícolas potamódromas;Ecohidráulica
Issue Date: Mar-2016
Publisher: Associação Portuguesa dos Recursos Hídricos
Abstract: A fragmentação dos cursos de água devido à implementação de obras hidráulicas tem originado sérias alterações nos ecossistemas. Comparativamente com os vários estudos que têm sido realizados em relação aos impactes nas populações piscícolas dos grandes empreendimentos hidráulicos, como as barragens e os pequenos aproveitamentos hidroelétricos, os pequenos açudes têm recebido menos atenção por parte da comunidade científica por serem considerados como estruturas à partida permeáveis aos movimentos dos peixes. No entanto, a sua numerosa presença poderá provocar sucessivas perdas de conectividade, perturbando os movimentos dos peixes e dificultando o acesso a habitats específicos, devendo como tal ser estudados atentamente. Com este estudo pretendeu-se avaliar a capacidade do barbo-comum (Luciobarbus bocagei), espécie ciprinícola potamódroma abundante nos rios Ibéricos, de transpor pequenos açudes de faces verticais, considerando a interação de três variáveis: a profundidade de água a jusante do açude (D), a queda de água a transpor (Δh), e o caudal (Q). Utilizando um açude experimental formado por módulos de PVC foram testadas no total 19 combinações de D e Δh sujeitas a diferentes Q. Posteriormente realizou-se a caracterização hidrodinâmica das configurações mais e menos favoráveis, em termos de número de sucessos, recorrendo a um 3D Acoustic Doppler Velocimeter (Vectrino ADV; Nortek AS). A análise estatística dos resultados revelou que todas as variáveis em estudo estão significativamente correlacionadas com o número de sucessos de passagem para montante do barbo-comum. Ao contrário do que era expectável, o aumento do número de passagens não ocorreu com o aumento da profundidade da água a jusante do açude aliada a uma menor altura de queda de água a transpor, nem com a existência de um menor caudal, o que nos leva a concluir que a transposição destes obstáculos é um fenómeno complexo, que está fortemente dependente do ambiente hidráulico que se forma pela interacção destas variáveis.
URI: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1008245
Appears in Collections:DHA/NRE - Comunicações a congressos e artigos de revista

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
13CA_TV.pdfComunicação667.69 kBAdobe PDFView/Open
Autorizacao_Teresa_Viseu_Susana_Amaral.pdfDeclaração de autorização da Editora41.75 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.