Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1008234
Title: Gestão de recarga induzida de aquíferos. Exemplos do projeto MARSol no Algarve
Authors: Leitão, T. E.
Lobo Ferreira, J. P. C.
Carvalho, T.
Monteiro, J. P.
Oliveira, M. M.
Agostinho, R.
Costa, L. R. D.
Martins, T.
Henriques, M. J. A.
Keywords: MAR (gestão da recarga induzida de aquíferos);Qualidade da água subterrânea;Armazenamento subterrâneo;Gestão de secas;Algarve
Issue Date: Mar-2016
Publisher: APRH
Abstract: A utilização de técnicas de MAR (managed aquifer recharge, em nomenclatura inglesa ou gestão de recarga induzida de aquíferos) visa armazenar água em aquíferos durante períodos de excedentes podendo ajudar a resolver posteriores desafios de escassez de água e, assim, melhor gerir a variabilidade temporal da disponibilidade de água. Além disso, a qualidade da água pode ser melhorada através da sua circulação pelo meio poroso até ao aquífero, como resultado de processos químicos e biológicos, para além da própria diluição. Nesse contexto, a recarga induzida de aquíferos pode ser um importante contributo para resolver a crise de água da Europa, ligando o uso de excedentes hídricos com a reutilização de água e a gestão de recursos hídricos. Neste artigo apresenta-se uma síntese dos ensaios de demonstração sobre MAR realizados nos aquíferos da Campina de Faro (PT1) e Querença-Silves (PT2), no Algarve, pelo Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), pela Terra, Ambiente e Recursos Hídricos (TARH), e pela Universidade do Algarve (UAlg), parceiros do projeto MARSol "Gestão de recarga induzida de aquíferos como uma solução para a escassez de água e secas", do 7.º Programa-Quadro da União Europeia. As fontes de água alternativas exploradas no âmbito do MARSol são excedentes hídricos superficiais gerados em eventos extremos durante as estações chuvosas e efluentes de águas residuais com tratamento secundário. Ambos estão a ser estudados no sentido de avaliar os volumes disponíveis e sua importância no contexto do balanço hídrico regional e da sua qualidade, o primeiro para a Campina de Faro e o segundo para o Querença-Silves. A melhoria da qualidade da água é o objetivo principal em ambos os aquíferos, no primeiro através da recarga por bacias, furos e noras e, no segundo caso, melhorando a qualidade das águas residuais por processos de atenuação e de filtração naturais de tratamento aquífero do solo (SAT).
URI: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1008234
Appears in Collections:DHA/NRE - Comunicações a congressos e artigos de revista

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
13 CA_TL.pdfComunicação2.25 MBAdobe PDFView/Open
Autorizacao_Teresa_Leitão_2.pdfDeclaração de autorização da Editora45.6 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.