Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1003570
Title: Incorporação da avaliação probabilística de riscos e de métodos de optimização no projecto de emissários submarinos
Authors: Mendonça, A. C.
Losada, M. A.
Reis, M. T.
Neves, M. G.
Figueira, P.
Afonso, C.
Keywords: Emissários submarinos;Avaliação de riscos;Estados limites;Modos de falha
Issue Date: Oct-2011
Abstract: O projecto convencional de emissários submarinos, que inclui concepção, dimensionamento, construção, exploração, manutenção e reparação, não se baseia numa avaliação de riscos explícita e sistemática e os métodos de dimensionamento destas estruturas são de natureza determinística. No entanto, o projecto destas obras é muito complexo, dispendioso e estão-lhe associadas inúmeras incertezas relacionadas, por exemplo, com o carácter aleatório das solicitações actuantes (e.g. ondas, correntes), os modelos utilizados para representar a realidade (e.g. modelos físicos/numéricos), etc. Como tal, é necessário que se utilizem metodologias que permitam considerar a aleatoriedade e as incertezas existentes e incorporar o máximo de conhecimento e de dados disponíveis, e que possibilitem uma gestão dos riscos associados e permitam optimizar o custo do projecto. Uma abordagem de gestão de riscos, baseada em métodos probabilísticos e de optimização (que entram em linha de conta com a probabilidade de falha das estruturas e suas consequências), dá resposta a estas necessidades, sendo o objecto do presente estudo. Pretende-se assim: (1) a realização de um inventário de riscos associado com o projecto de emissários e identificação do modo de falha destas estruturas; (2) estabelecimento de uma metodologia para aplicar técnicas probabilísticas e de optimização ao projecto; e (3) desenvolvimento de ferramentas computacionais para o dimensionamento probabilístico e optimizado das estruturas, que resultará num conjunto de recomendações a ser aplicado a estes projectos. A metodologia utilizada no presente estudo baseia-se nas Recomendações da ROM 0.0 (2002), onde estão classificadas as estruturas marítimas em termos da sua natureza intrínseca geral e operacional, avaliando-se as consequências económicas, sociais e ambientais em caso de falha grave ou paragem operativa.
URI: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1003570
Appears in Collections:DHA/NPE - Comunicações a congressos e artigos de revista

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
7asJornadasPortuguesasEngenhariaCosteiraPortuaria_2011_Mendonca_et_al_DSpace.pdf2.17 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.