Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1003158
Title: Earthquake risk scenarios for selected European cities – Lisbon Metropolitan area - Progress report
Other Titles: Cenários de risco sísmico para cidades Europeias selecionadas – Área Metropolitana de Lisboa - Relatório de progresso
Authors: Luísa Sousa, M.
Carvalho, A. M.
Issue Date: Jan-2012
Publisher: LNEC
Series/Report no.: RELATÓRIO 12/2012 – NESDE;
Abstract: O Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) participa atualmente numa das sete Tarefas, do projeto Europeu SHARE- Seismic Hazard Harmonization in Europe, mais precisamente na tarefa nº 2, intitulada Requisitos de engenharia e aplicações. O presente relatório de progresso descreve a participação do LNEC na sub-tarefa 2.5 - Cenários de risco sísmico para cidades Europeias selecionadas – na qual o risco sísmico é avaliado em termos de cenários de perdas para um conjunto de cidades (Istanbul, Lisbon, Messina, Thessaloniki). Os mapas de perigosidade sísmica dos regulamentos mais recentes destas cidades são usados como cenários de ação sísmica para obtenção de níveis de risco de referência nos locais analisados. O presente trabalho aborda a primeira etapa da sub-tarefa 2.5 apresentando estimativas de perdas para a Área Metropolitana de Lisboa (AML) e para alguns dos seus concelhos limítrofes. Para o efeito, foram tidos em consideração os cenários de perigosidade sísmica preconizados pelo Anexo Nacional Português da EN 1998-1, Eurocódigo 8: Projeto de estruturas para resistência aos sismos. Parte 1: Regras gerais, ações sísmicas e regras para edifícios. As estimativas de perdas foram obtidas utilizando a ferramenta informática LNECloss, que permite avaliar perdas para cenários históricos de ocorrência (selecionados) ou para cenários definidos pelo utilizador. Esta ferramenta integra diversos módulos que avaliam a ação sísmica no substrato rochoso e à superfície, os danos estruturais no edificado e as perdas humanas ocorridas em consequência do cenário sísmico de ocorrência especificado. Neste trabalho, a ação sísmica, em rocha, foi definida pelo espectro de resposta elástico, em aceleração, preconizado no Anexo Nacional da parte 1 do Eurocódigo 8. O efeito das formações superficiais na ação sísmica teve em consideração a caracterização geotécnica da AML realizada em estudos anteriores e modelos estocásticos de propagação unidimensional para representar o comportamento dinâmico não linear dos solos. Os danos em edifícios e as perdas humanas tiveram como informação de base os Censos 2001, que forneceram o número de edifícios residenciais e os seus ocupantes distribuídos por classes de vulnerabilidade adequadas para a região. As estimativas de perdas agora obtidas serão comparadas, numa fase posterior, com as estimativas obtidas com base no novo modelo de perigosidade sísmica desenvolvido e proposto no âmbito do projeto SHARE, visando analisar o impacto da atualização da perigosidade sísmica nos níveis de risco de cada cidade.
Description: Este registo pertence ao Repositório Científico do LNEC
URI: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1003158
Appears in Collections:DE/NESDE - Relatórios Científicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rel 12_12 dspace.pdf6.81 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.