Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1002941
Title: Caracterização Sinóptica dos Gradientes Ambientais na Ria de Aveiro. Parte I: Salinidade e Temperatura
Authors: Dias, J. M.
Rodrigues, M.
Leandro, S.
Morgado, F.
Oliveira, A.
Queiroga, H.
Keywords: Salinidade;Temperatura;Zonação estuarina;Sazonalidade
Issue Date: May-2011
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: A localização dos estuários, na transição entre o oceano e os rios, favorece a ocorrência de gradientes temporais e espaciais, os quais são fortemente influenciados pela sazonalidade das condições ambientais. Desta forma, a sazonalidade dos gradientes termohalinos e ecológicos na Ria de Aveiro é analisada com base nos dados de quatro campanhas de amostragem realizadas entre Outubro de 2000 e Julho de 2001. Estas campanhas visaram a medição sinóptica em cada um dos canais principais da Ria de Aveiro (Mira, Ílhavo, Espinheiro e São Jacinto) de parâmetros físicos (salinidade e temperatura da água) e bio-químicos (oxigénio dissolvido, fosfatos, nitritos, silicatos, amónia e clorofila a). As medições foram realizadas ao longo de perfis transversais e longitudinais em cada um dos canais, assim como a várias profundidades na coluna de água. A análise é realizada em duas partes distintas: inicialmente é analisada a variação espacial e sazonal dos gradientes físicos, sendo posteriormente descritos os gradientes ecológicos. Assim, nesta primeira parte do estudo são elaborados mapas de salinidade e temperatura da água a diferentes profundidades para toda a área da Ria (superfície, meia água e fundo) para cada estação do ano, por interpolação dos valores medidos. Através da sua observação é efectuada a caracterização da variação sazonal dos gradientes salinos e da temperatura da água em cada um dos canais principais da Ria de Aveiro, sendo a análise realizada considerando a influência das condições ambientais, nomeadamente do caudal fluvial afluente à Ria e do forçamento de maré. A zonação longitudinal dos limites físicos (estuário inferior, médio e superior), assim como a zonação baseada no Sistema de Veneza são também estabelecidas com base na distribuição da salinidade em cada um dos períodos analisados.
URI: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1002941
Appears in Collections:DHA/NEC - Comunicações a congressos e artigos de revista

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.