Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1002939
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorRosa, J.pt_BR
dc.contributor.authorGonçalves, D.pt_BR
dc.contributor.authorSilva, P. A.pt_BR
dc.contributor.authorPinheiro, L.pt_BR
dc.contributor.authorRebêlo, L.pt_BR
dc.contributor.authorFortunato, A. B.pt_BR
dc.contributor.authorBertin, X.pt_BR
dc.date.accessioned2012-01-04T14:52:40Zpt_BR
dc.date.accessioned2014-10-20T09:52:34Zpt_BR
dc.date.accessioned2017-04-12T15:06:26Z-
dc.date.available2012-01-04T14:52:40Zpt_BR
dc.date.available2014-10-20T09:52:34Zpt_BR
dc.date.available2017-04-12T15:06:26Z-
dc.date.issued2011-09pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1002939-
dc.description.abstractA extracção de sedimentos nas zonas costeiras é uma actividade de importância e prática crescentes há já vários anos e em diversos países. A evolução de uma zona de extracção depende essencialmente do tipo de sedimento e das características hidrodinâmicas do local. No presente trabalho pretendeu-se estudar a evolução morfológica e sedimentar de uma escavação ao largo de Vale do Lobo (Algarve, Portugal) com base em 3 campanhas batimétricas realizadas entre 2006 e 2008, antes e após a extracção, assim como numericamente, através da aplicação de um modelo morfodinâmico – MORSYS2D. Os dados batimétricos foram inseridos num sistema de informação geográfica (ArcGIS), para estimar os volumes de sedimento removidos e acumulados, analisar a variação morfo-sedimentar ocorrida durante o período de estudo e prever o tempo de persistência da escavação. Da análise dos dados batimétricos verificou-se uma suavização geral da área escavada com acreção no interior e erosão nos flancos e estimou-se um tempo de persistência da perturbação da batimetria, não inferior a 24 anos. Os resultados numéricos foram analisados a partir dos fluxos sedimentares e da evolução batimétrica induzida pelas correntes geradas pelo vento, maré e agitação marítima. Os resultados mostram um grande impacto dos eventos de tempestade com altura significativa de onda superior a 2,5m e ventos fortes na evolução morfológica da escavação e nas áreas em redor. A comparação dos resultados numéricos com a análise dos levantamentos batimétricos adquiridos permitiu avaliar a boa performance do modelo.pt_BR
dc.publisherRevista da Gestão Costeira Integradapt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectDragagempt_BR
dc.subjectImpacto morfológicopt_BR
dc.subjectEvolução de uma escavaçãopt_BR
dc.subjectPlataforma continentalpt_BR
dc.subjectModelo morfodinâmicopt_BR
dc.titleEstudo da Evolução de uma Área de Extracção de Sedimentos ao largo de Vale do Lobo (Algarve Portugal) - Comparação entre Resultados Numéricos e Dados Batimétricospt_BR
dc.typearticlept_BR
dc.description.pages369-377pppt_BR
dc.description.sectorDHA/NECpt_BR
dc.description.magazineRevista da Gestão Costeira Integradapt_BR
Appears in Collections:DHA/NEC - Comunicações a congressos e artigos de revista

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011rgci_retal.pdf6.31 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.