Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1002825
Title: Quando a periferia não ultrapassa as fronteiras. Uma abordagem Antropológica-Arquitectónica da segurança pública em Lisboa.
Authors: Menezes, M.
Beisl Ramos, T.
Keywords: Periferia;Topologia humana do espaço;Antropologia;Arquitectura
Issue Date: Oct-2011
Publisher: ANPOCS - Associação Nacional de Pós-Graduação em Ciências Sociais
Citation: Menezes, Marluci; Beisl Ramos, Tânia (2011). Quando a periferia não ultrapassa as fronteiras. Uma abordagem Antropológica-Arquitectónica da segurança pública em Lisboa. in 35º encontro Anual da ANPOCS, Caxambú, Minas Gerais, Brasil, Outubro de 2011
Series/Report no.: ID - 1608-1;
Abstract: Lisboa apresenta uma dinâmica espacial marcada por cenários socioculturais e económicos diversificados identificando múltiplos cenários comportamentais, nem sempre garantidores de segurança pública. A invisibilidade do tecido urbano de alguns destes territórios de insegurança é, contudo, contrariada pela visibilidade dos seus tecidos sociais. A condição liminar destes tecidos evoca fronteiras socio-espaciais. Pensar a intervenção nessas áreas implica, entre outros aspectos, considerar a articulação entre configuração física e organização social. A partir de uma leitura complementar – entre Antropologia e Arquitetura –, e exploratória do Bairro de Chelas, o artigo discute as relações intrínsecas definidas pelos elementos morfológicos do espaço urbano - a rua, a praça, o largo, o lote e as edificações -, sobreposto ao eventual quadro de insegurança pública.
URI: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1002825
Appears in Collections:DED/NUT - Comunicações a congressos e artigos de revista

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TBR1608-1.pdf40.1 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.