Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1002144
Title: Conservação de madeira degradada em edifícios com base em resinas sintéticas
Authors: Henriques, M. D.
Ribeiro Nunes, L. M.
Brito, J.
Keywords: Madeira degradada;Edifícios antigos;Consolidação;Resinas sintéticas;Degraded wood;Ancient buildings;Consolidation;Synthetic resins
Issue Date: Jun-2011
Publisher: Departamento de Engenharia Civil da FCTUC
Series/Report no.: Comunicação;
Abstract: A conservação da madeira em edifícios, entendida como o conjunto de acções destinadas a prolongar a sua vida útil, é essencial para a manutenção da autenticidade e integridade do património construído. O conceito de “intervenção mínima”, visando a realização de reparações localizadas, é actualmente defendido pelo Direito Internacional e pelos principais agentes patrimoniais. Como forma de garantir esse intento, grande parte das acções de conservação e reparação de madeira em edifícios históricos é hoje realizada com o auxílio de produtos poliméricos. O texto faz a apresentação de duas formas de actuação com base em resinas sintéticas: “consolidação por impregnação”, promovendo o aumento da capacidade física e mecânica da parte degradada, ou “reparação e reforço”, implicando a substituição da parte degradada e promovendo a recuperação da capacidade resistente original do elemento estrutural. É dada maior ênfase à técnica de consolidação por impregnação, a aplicar em situações de média a baixa degradação localizada do elemento de madeira. Expõem-se os seus pressupostos e limitações, o seu enquadramento no estado da arte internacional e os resultados mecânicos mais relevantes obtidos por diversos autores. Quanto às acções de reparação e reforço, é feita no texto uma apresentação genérica das técnicas mais comuns utilizadas. Conservation of timber in buildings, understood as the set of actions aimed at extending its service life, is essential to maintain the authenticity and integrity of built heritage. The concept of “minimum intervention” aimed at performing localized repairs is presently defended by International Law and the main heritage agents. In order to guarantee this objective the greater part of wood conservation and repair actions in historical buildings is today performed using polymeric products. The paper presents two alternatives based on synthetic resins: “consolidation by impregnation” promoting the increase of the physical and mechanical capacity of the degraded part; or “repair and strengthening” implying the replacement of the degraded part and promoting the recovery of the original strength capacity of the structural element. A greater emphasis is given to the consolidation by impregnation technique to be applied in situations of low/medium localizeddegradation of wood elements. Its pre-requisites and limitations are exposed, as well as its position in the frame of international state of the art and the most relevant mechanical results obtained by various authors. In what concerns repair and strengthening, a generic presentation of the most common techniques, is made in the paper.
URI: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1002144
ISBN: 978-989-96461-2-4
Appears in Collections:DE/NCE - Comunicações a congressos e artigos de revista



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.