Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1002003
Title: Apoio Geodésico à Construção do Túnel do Marão
Authors: Henriques, M. J.
Lima, J. N.
Inocentes, G.
Keywords: Monitorização;Geodesia aplicada;Tunel
Issue Date: 5-May-2011
Publisher: LIDEL
Abstract: O Túnel Rodoviário do Marão, inserido no lanço da Auto-Estrada A4/IP4, entre Amarante e Vila Real, situa-se no interior e numa das zonas mais elevadas da serra do Marão. A sua construção foi iniciada em 2009 prevendo-se actualmente que termine em 2012. Este túnel está a ser escavado utilizando os princípios do NATM (New Austrian Tunnelling Method), os quais prevêem que tanto o maciço como a estrutura de suporte do túnel, estrutura esta habitualmente menos rígida que a de outros sistemas utilizados na abertura de túneis, contribuem para a estabilização do maciço intervencionado. É assim um método que exige um acompanhamento rigoroso, sistemático e contínuo durante a escavação. Na comunicação descreve-se o apoio dado pela Geodesia ao acompanhamento da abertura e monitorização da secção nascente do túnel do Marão. A sua extensão, cerca de 5,6 km, e a sua localização exigem que neste túnel haja um acompanhamento da Geodesia Aplicada, de modo a serem respeitados os níveis de precisão desejáveis. A Geodesia tem assim intervindo no estabelecimento das redes de apoio, quer as exteriores quer a interior, necessárias para definir a orientação da escavação e, também, na monitorização de convergências e assentamentos do túnel. As redes de apoio exteriores, por envolverem distâncias de vários quilómetros entre os pontos extremos, foram observadas por GNSS, necessitaram de metodologias de observação e de processamento dos dados que assegurassem incertezas reduzidas. A rede de apoio interior, onde são aplicados os métodos de medição convencionais, tem também respeitado o objectivo de minorar as incertezas nos resultados de modo a minimizar os erros nas direcções (azimutal e vertical) de abertura do túnel. Relativamente à monitorização, a obtenção de resultados com incerteza milimétrica ou mesmo submilimétrica, exige também cuidados especiais, tanto na concepção, como na materialização do sistema e, também, durante a observação.
URI: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1002003
Appears in Collections:DBB/NGA - Comunicações a congressos e artigos de revista

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.