Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1001184
Title: Hotéis atractivos para hóspedes seniores - A experiência da região do Algarve
Authors: Zacarias, W.
Branco Pedro, J.
Rebelo, M.
Cachadinha, C.
Issue Date: Oct-2010
Publisher: LNEC
Series/Report no.: RELATÓRIO 360/2010 – NAU;
Abstract: Uma das consequências do envelhecimento da estrutura demográfica portuguesa e europeia é o número cada vez mais elevado de pessoas na reforma ou perto dela que dispõem de mais tempo livre e que procuram actividades para o preencher. Nalguns estratos sociais, em que as pessoas podem beneficiar das economias acumuladas durante uma vida de trabalho, ou de algum apoio institucional, os idosos dispõem dos meios financeiros necessários para viajar. Assim, o turismo constitui uma interessante actividade de lazer para ocupar o tempo livre deste sector da população. Nos estabelecimentos turísticos, principalmente aqueles vocacionados para desfrutar de «sol e mar», como é o caso da maioria dos localizados no Algarve, uma vez terminada a época do Verão a ocupação fica aquém da capacidade instalada. A sazonalidade do turismo prejudica os estabelecimentos e a economia da região, podendo ser minimizada pelo aumento do turismo sénior durante a época baixa. Na época baixa, os turistas seniores são os principais ocupantes dos estabelecimentos turísticos no Algarve. Sendo o turismo sénior um segmento do mercado turístico que é actualmente relevante e que tem potencial para aumentar no futuro, é importante identificar as características que os hotéis devem ter para responderem às necessidades e expectativas dos hóspedes seniores. Para dar resposta a esta questão foram realizadas entrevistas, sobre as necessidades dos hóspedes seniores, a directores de seis hotéis de 4 e 5 estrelas localizados na Região do Algarve. Os resultados obtidos indicam que os hóspedes seniores não apreciam ser tratados como um grupo distinto e procuram hotéis frequentados por clientes de várias idades. Contudo, os hóspedes seniores valorizam especialmente aspectos como: serem bem acolhidos e tratados com familiaridade; poderem recolher-se em lugares comuns calmos em situações de agitação; sentirem-se seguros no hotel e nos espaços públicos envolventes; disporem de apoio de saúde em caso de necessidade; os percursos pedonais serem curtos, amplos e sem desníveis ou obstáculos; disporem de actividades de animação no hotel; poderem integrar-se em actividades organizadas que têm lugar fora do hotel, como passeios e visitas; e, manterem os seus horários enquanto estão alojados no hotel e quando se envolvem em outras actividades fora do hotel. Além disso, os hóspedes seniores são particularmente sensíveis às condições de conforto ambiental nos quartos, nomeadamente conforto acústico, térmico e visual. O presente relatório está organizado nos seguintes capítulos: 1) introdução, 2) caracterização do turismo na Região do Algarve, 3) análise da relação entre idosos e turismo, 4) descrição do uso dos hotéis por hóspedes seniores, e 5) conclusões, discussão e desenvolvimentos futuros. Em anexo apresenta-se o questionário utilizado nas entrevistas.
Description: Este registo pertence ao Repositório Científico do LNEC
URI: http://repositorio.lnec.pt:8080/jspui/handle/123456789/1001184
Appears in Collections:DED/NUT - Relatórios Científicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rel 360_10.pdf1.53 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.